O Monstro do Lago Ness

Bem amigos ... essa viagem foi planejada com bastante antecedência.
Eu, o Fuinha e a Drica não poderíamos imaginar que a nossa aventura acabaria desse jeito. Primeiro quero lhes fazer uma pergunta? Já ouviram falar do famoso MONSTRO DO LAGO NESS?
Vou falar um pouco dele.

Na Escócia existe um lago que é famoso pela lenda do monstro que habita suas águas. Conhecido como o monstro do lago Ness. Dizem que ele tem um pescoço bem comprido e é enorme! Quando resolvemos viajar para a Escócia, a última coisa que pensamos foi no tal monstro.

A Drica e o Fuinha não paravam de comer biscoitos na viagem e o meu carro novinho estava todo cheio de farelos nos bancos, sabe como é, viajar de carro sem biscoitos... não dá. Iamos então apreciando a paisagem e tirando fotos, de repente o carro parou. Já estava escurecendo e naquela estrada deserta eu comecei a ficar com medo. Falei para as crianças não saírem do carro e saltei para tentar achar ajuda para empurra-lo.Lá dentro Fuinha reclamava:

- Que droga Drica, logo agora que estávamos quase chegando ao hotel foi acontecer essa!!

- Fique calmo Fuinha, o professor Tinoco vai nos tirar dessa fria. Só não entendi como o carro foi parar, acabamos de colocar gasolina. Muito estranho ...

- Agora que você falou isso, eu estou lembrando uma coisa.

- O que é Fuinha?

- Aquele homem do posto de gasolina tinha uma cara tão suspeita, você não achou?

- Eu não. Pra falar a verdade nem olhei muito pra cara dele. Já sei, está começando a ficar com medo, né?

- Não é nada disso Drica. Eu só estou achando estranho que ele colocava a gasolina e olhava o relógio muitas vezes. Como se estivesse esperando alguém.

- Ora Fuinha, ele estava com pressa porque o professor Tinoco, que é o rei do papo-furado, ficou conversando e esqueceu que o homem deveria estar ocupado. Foi só isso mesmo, pode acreditar.

- Ah é? Então me diz porque ele se assustou com aquele pássaro que pousou ao lado dele? O homem parece que estava vendo assombração! Vai dizer que não notou isso também?

- Isso eu vi, é verdade. Mas vai ver ele pensou que fosse um morcego, sei lá.

- Você é muito ingênua Drica. Eu sou ligado e já li muitos livros de suspense que o culpado tinha sempre uma cara estranha igual a desse homem do posto de gasolina.

- E qual é a conclusão do Fuinha esperto, então?

Nessa hora, eu voltei ao carro.As crianças pararam de falar e me olharam com os olhos assustadíssimos, não entendi nada. Enquanto eu e o homem bondoso empurrávamos o carro, elas não paravam de cochichar.

- Psiiu!! Drica, está vendo o que estou vendo?

- Eeeeestou Fuinha, é o homem do posto de gasolina que está empurrando o carro. Agora acho que começo a concordar com você.

- Ele é suspeito, eu lhe disse Drica! Ele colocou gasolina estragada para o nosso carro parar e agora está nos levando para o precipício. Precisamos falar com o professor.

-Fale você Drica.

-Eu não, fale você Fuinha.

Eu comecei a ficar cismado porque criança sente o perigo antes de nós adultos. Eu sempre acredito nas crianças.

- Pronto chegamos. Eu disse aos meninos.

- Vamos ter que passar a noite nessa casa que esse bondoso homem nos cedeu.Quando amanhecer chamarei o mecânico para consertar o carro. Crianças vocês estão passando bem? Por que estão com essas caras pálidas?

- Não é nada não professor, acho que estamos com frio mesmo, só isso.

- Então vamos descarregar as malas e ...

De repente vi um lago lindo em frente da casa. Perguntei ao homem:

-Qual é o nome deste lago?

- Bem, aqui na Escócia chamamos esse lago de Ness. O lago Ness. Mas eu nunca mergulho nele porque não gosto de água. Diz a lenda, que nesse lago mora um monstro chamado Nessie. Ele é arisco e não gosta muito de barulho. Sempre que escuta algo ele se esconde e mergulha nas profundezas do lago.

-E o senhor já viu o monstro Nessie algum dia? perguntou a Drica

-Olha menina, isso não é conversa para crianças. Depois você vai ter pesadelos e eu não quero ser o culpado.

-Tá bom ... eu sou criança, mas não sou medrosa, tá? Eu até acho que vou lá no lago ver esse monstro, só para descobrir a verdade.

-Se eu fosse você não iria. Diz a lenda que ele não gosta de crianças.

Bem, aí eu tive que dar a minha opinião como adulto.

-Se esse monstro é um bicho, ele deve gostar de crianças sim.O senhor deve estar enganado. Todo mundo sabe que bichos e crianças se dão muito bem.

- Não estou enganado. Esse monstro é terrível e eu nem gosto dessa casa, só porque fica em frente do lago do Nessie. Bem ... espero que tenham uma boa noite, eu já vou indo. Amanhã passarei aqui para vê-los.

-Hummmm!!! Que homem estranho.
Falou o Fuinha.

De repente ouvimos um barulho no lago... zzzzzzzzz

 

 

         A continuação escolhida foi de Vanessa Câmara Fernandes de 11 anos.

 

"Viram que era o monstro. O professor ficou assustado, mas Drica e Fuinha saíram para vê-lo. O monstro chegou bem perto. Drica olhou nos olhos dele e fez um carinho, e então o monstro fez um expressão como se estivesse sorrindo e ao mesmo tempo com medo de Drica e Fuinha. Justamente nesta hora, o professor, que estava escondido atrás do sofá, soltou um grito quando viu que Fuinha ia meter a mão no monstro. Na mesma hora, o monstro voltou para o fundo do lago. Chegando em casa, Drica e Fuinha explicaram tudo ao professor e ele percebeu que o monstro era bom. Os três ficaram, na varanda da casa, esperando o monstro voltar. Quando ele apareceu, todos ficaram amigos, até mesmo homem do posto de gasolina."

A continuação escolhida foi de Amanda Preto Angulo.

"Mas, depois descobriram que quem foi o danado que estragou o carro foi o monstro. Ele queria fazer amigos, e também queria todos os biscoitos, mas isso ele não conseguiu."

A continuação escolhida foi de Pamela Carvalho.

"Ele estragou o carro também porque o monstro era mesmo o homem do posto de gasolina. Naquela hora que ele olhava no relógio de forma nervosa, estava para acontecer a grande transformação e como era segredo, ninguém podia saber. O homem do posto de gasolina queria muito fazer amigos, foi por isso que ele fingiu que era só um humano normal. O professor Tinoco vendo que aquela criatura era muito só, o convidou para um dia conhecer a casa do Pequeno Artista. Nessie ficou muito feliz!!!"

... e é, por isso, que a casa do Pequeno Artista é um lugar mágico e maravilhoso! Todos os anos o nosso amigo Nessie nos faz uma visita. Até temos um lago bem bonito, para que ele possa dormir à noite. Essa viagem nos ensinou que nada pode substituir uma forte amizade, mesmo a de um monstro "bonzinho".
Nessie só queria ter muitos amigos e encontrou isso aqui na nossa Casa.

 

FIM

© 1999-2019 - Pequeno Artista