O Gorila Guloso

Era um belo domingo de sol quando eu estava passeando pelo Jardim Zoológico na cidade do Rio de Janeiro.

No meio do meu passeio, vi uma cena que me chamou bastante a atenção. Uma família, pai, mãe e dois filhos, passeando e observando o que acontecia na jaula do gorila Fred.

Como você sabe, adoro crianças, por isso, resolvi me aproximar daquela família para puxar conversa com os pequenos. Tudo começou assim:

- Olá, eu sou o Tinoco! Um velhinho muito simpático que adora fazer amizades. Qual o nome de vocês?

- Oi Tinoco, eu sou o André, esse é meu pai Alan, essa é minha mãe Alice e essa pirralha aqui é minha irmã Aninha.

- Eu não sou pirralha nada, tá, seu chato! Disse Aninha.

- Vamos parar com essa briga boba crianças, o Tinoco vai pensar que vocês são crianças malcriadas, disse a mãe.

Nesse momento, eu me aproximei das duas crianças e comecei a conversar com elas.

- Oi amigos, o que vocês estão achando do gorila Fred?

- Nooooossa, eu estou achando o gorila horroroso! Ele é um bicho grandão, mas tem os olhos pequenininhos, que esquisito. Ele dá muito medo! disse Aninha.

- Eu não tenho medo! Fico um tempão olhando as mãos e os pés enormes dele. Quer ver só como ele é meu amigo? Vou jogar um monte de bananas para ele comer.

Infelizmente, não deu tempo de avisar ao André, que aquilo que ele estava fazendo era muito errado. Jamais devemos dar comidas aos animais do Zoológico. É muito perigoso! Só quem pode fazer isso é a pessoa responsável pela alimentação deles.

Logo depois que André jogou as bananas, o gorila Fred pegou e engoliu tudo de uma vez. De repente, ele engasgou, começou a tossir sem parar, foi ficando vermelho e com falta de ar. Comecei a gritar:

- Socorro, socorro, o gorila Fred está morrendo! Ele precisa de ajuda. Não sei o que
fazer ...

 

Zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

 

A  continuação escolhida foi escrita por Luiz Alberto Rodrigues Noro de 12 anos.

 

"Então, André disse que ele que teria que resolver aquilo sozinho, pois ele foi o culpado.
Ele correu mais do que pode para chamar um funcionário, mas o que estava com as chaves saiu. Então, ele chamou o DR. Dolittle (do filme) que estava passeando por lá por coincidência. O DR., então, escalou a jaula e por uma entrada que havia por cima entrou da jaula.
Todos estavam apavorados, pois é perigoso.
Ele começou a falar com o gorila que não iria lhe machucar, estava lá para ajudar. Então, foi lá e deu um safanão nas costas do gorila e a banana voou longe.
O gorila agradeceu ao DR. e André também, pois se NÃO CORRESSE JÁ VIU NÉ? NÃO QUERO NEM PENSAR!
Então o DR. foi embora, pois todos estavam pensando que estava louco.
 - Onde já se viu falar com um animal?
Bem, isso vocês decidem no filme, mas o que importa é que André se conscientizou e nunca mais deu comida aos animais no ZOO, pois colocou em risco a vida do gorila."


FIM

© 1999-2019 - Pequeno Artista