Futebol

Um dos meus esportes favoritos é o futebol, isso você já sabe. O que você não sabe é que, além de divertir muito, o futebol nos ajuda melhorar em várias outras coisas. Enquanto a bola rola nas nossas chuteiras, recebemos aulas práticas de respeito, coragem, estratégia e resiliência. Não sabe o que quer dizer isso? São os valores fundamentais para fazer bonito no jogo da vida. É importante você cair e levantar, ver que está doendo e não desistir. Pode até ter raiva ou frustração. Essas emoções vão ajudar você a driblar outras situações na sua vida, quando você estiver mais velho.
 

Deixando de papo furado, vamos às regras iradas do futebol que fazem esse esporte ser um dos mais amados por meninos e meninas.
 

A  partir dos seis anos,  já podemos ter um time só nosso. São dezessete leis do futebol, mas para nós que estamos começando podemos ir com calma. Não é permitido usar as mãos. O único jogador que pode usar as mãos e os braços é o goleiro. Se qualquer outro jogador tocar a bola com as mãos,  significa que o outro time terá uma cobrança de falta e, se acontecer dentro da grande área em frente a rede, será pênalti.

O momento mais emocionante é marcar um gol e ele só conta quando toda a bola ultrapassa a linha de meta entre os postes e sob o travessão. Se por azar a bola parar na linha, babou o gol e ele não será válido.
 

Cada metade da partida começa com aquele pontapé inicial no campo do centro e o mesmo acontece para reiniciar a partida após um gol.

Se a bola for pra fora das laterais, a equipe adversária deve colocá-la em campo novamente. Se você chutá-la sobre a linha do gol do outro time, não na rede, eles recebem um tiro de meta na frente da rede. Se você chutar a bola pra fora sobre sua própria linha do gol, a outra equipe recebe um escanteio, cobrado a partir do canto mais próximo de onde a bola saiu. Se o árbitro marcar uma falta que você fez com a mão na bola ou por ser violento no jogo, a outra equipe ganha um tiro livre

Você precisa aceitar que quem manda na partida não é o seu pai ou sua mãe e nem aquele seu amigo que joga muito bem. Quem manda na partida é o árbitro, junto com os árbitros assistentes e os bandeirinhas, aqueles que ficam seguindo o jogo nas linhas laterais.

 

Se você for ainda muito pequeno pra entrar no jogo, não fique triste,amigo. Que tal se oferecer pra ser um gandula na partida? Afinal, nenhum jogo existe sem o parceiro que busca as bolas que caem longe do gramado. 

Vale lembrar mais uma coisa: o futebol é um jogo limpo, justo e bonito. Não vale só querer vencer sem curtir aqueles dribles maneiros e as estratégias do jogadores pra vencer o adversário. Isso tudo vai ficando muito mais divertido até chegar naquele momento final do GOLAÇO!

 

E aí, se animou pra aprender a jogar futebol? Largue um pouquinho o computador, pegue sua bola e junte a galera. Monte um time com seus melhores amigos e amigas e bom jogo pra todos!

© 1999-2019 - Pequeno Artista