Dança do Ventre

Quando a gente pensa na dança do ventre, a primeira coisa que vem à cabeça é a beleza das roupas das dançarinas. Eu também acho lindas! Todas aquelas correntinhas, véus e pedras dão um toque especial a essa dança milenar.

A arte de ondular os quadris pode ter nascido em mais de um lugar ao mesmo tempo. Alguns acreditam que com a invasão de vários povos no Egito, entre eles os romanos, os gregos, turcos e marroquinos, houve uma mistura de várias culturas, e até acreditam que algumas dessas bailarinas foram roubadas para dançar para os sultões e sheikes.

Hoje, a dança do ventre é muito procurada pelas meninas. Elas sabem que além de modelar pernas e cintura, essa dança dá mais flexibilidade, leveza, trabalha a respiração e as deixa muito mais femininas.

Geralmente, a dança do ventre é feita com pés no chão. As dançarinas
devem procurar cativar os que assistem à dança através da suavidade
dos movimentos.

© 1999-2019 - Pequeno Artista