Drica- a dançarina

Meu nome é Adriana, mas todos me chamam de Drica. O que mais gosto de fazer é dançar.Sempre que posso, coloco uma música bem alegre e fico dançando durante horas. Meu amigo Fuinha diz que dançar é um excelente exercício para o corpo e a mente. Às vezes eu danço tanto que parece que estou voando. É uma sensação super legal!

 

Sou uma dançarina muito tagarela e agitada. Quando vou em algum lugar, converso muito com meus amigos e por isso eles me acham uma menina divertida e simpática. Mas quando as coisas não acontecem do jeito que quero, fico furiosa e acabo me irritando com todo mundo. Sei que sou esquentada e sei também que isso é não é certo. Estou tentando mudar e espero que a dança me ajude a ficar mais calminha. Terei um grande motivo para continuar dançando por muito tempo.

 

Você gosta de dançar? Mande sua mensagem para mim 
contando qual é o tipo de música que você coloca na hora de sua dança.

 

Ficarei feliz com sua participação.

 

Um beijo, da sua nova amiga

Drica

Quem sou eu

Músicas do Pequeno Artista

Como se fosse de mentira 
A nossa história começou
Ele um sapo e eu a bruxa 
que o enfeitiçou.

Eu não queria achar um sapo
E ele nunca quis me achar
Ah ... é uma história de amor
Mas está difícil acreditar.

 

Ele pulou no meu caminho
Mudando a minha direção
Mas os seus olhos me contavam
Que eu ainda era a luz
Pra a sua escuridão.

Foi aí, que ele me deu as estrelas
Que para mim, só existiam no céu
Me pediu,
que eu guardasse em segredo
Essa história em silêncio
Que eu guardo até hoje em mim.

 

Como se fosse de mentira
A nossa história começou
Eu como um sapo e ela a bruxa
que me enfeitiçou

Eu não queria ser um sapo
E ela nunca quis ser má
Ah ... é uma história de amor
Mas está difícil acreditar.

Ela surgiu no meu caminho
Tapando a minha visão
Se tornando minha amiga
E a minha inspiração
Libertou o meu sorriso
Me deu um atalho e uma mão
Ela me disse que me amava
E que era meu o seu coração.


Foi aí, que ela me deu as estrelas
Que pra mim, só existiam no céu
Me pediu, que eu guardasse em segredo
Essa história em silêncio
Que eu guardo pra sempre em mim.

Uuuua, uuuua, uuuuua!!!
Uuuua, uuuua, uuuuua!!!
Uuuua, uuuua, uuuuua!!!

 

Entre a mata verde e o rio
Entre o céu e a terra virgem
Meus olhos puxados 
Estão a se esconder

Vem brincar comigo vem
Vai ver o sol querer nascer aqui
Se um pássaro gritar ao lado
Não se assuste
Ele também ... quer ir.

 

Vamos descobrir
Mais de mil cachoeiras
Temos o dia inteiro pra inventar
As nossas brincadeiras

E quando a chuva cai
Aqui na minha aldeia
Como a gente não é de açúcar
Aqui vira festa
Vamos cantar ... 

O Uuuua, uuuua, uuuuua!!!

Dança do Índio

Como um tempo bom
A gente se viu
Daí começou o amor
De um reino além
Por eu te sorrir
A nossa estação se fez

O seu chapéu ficou no chão
E o meu vestido se molhou
Com a chuva fina.
Agora eu digo com firmeza
Se você não fosse tão bonito não iria dar...

Te mostrei na mão
Meu lado feliz
Você conheceu e gostou
Um castelo azul
Fingindo ser rei
Você me mostrou
Fiz que acreditei.

No céu cristal
Nosso cavalo se soltou
E foi em direção ao mar que era claro
Um dia era uma vez
Uma princesa que amava 
O seu príncipe demais ...

Voa ... voa nesse teu sonho lindo
Quem iria acordar Elisa
Se não há motivo para isso
Voa, vejo ela cruzar o céu
Com a tinta e o papel
Quem iria acordar Elisa
E quebrar o seu pote de mel.

Voa Elisa ... Voa Elisa.

 

Sonho de Elisa
Fuinha e a Onça
Drica e o Sapo

Vou seguir
Pra ver onde vai dar
Vou me perder 
Ou vou me encontrar
A mata escura não me parece má
Mas dizem que há perigo 
Do outro lado deste rio
E como eu não sei nadar em rio
Aqui eu vou ficar
Até quem sabe ... até quem sabe ...

 

Vou seguir
Pra ver onde vai dar
Vou me perder
Para te encontrar

Na mata escura não vejo nem a lua
Mas meu instinto diz que há alguém aqui
E eu não posso mais fugir.

 

Dois mundos
Não podem dividir
Os sonhos que temos para viver
Eu não quero ir sem você 

Eu não quero perder você ...

Dois mundos
Não podem dividir
Os sonhos que temos para viver
Eu não quero ir sem você 
Eu não quero perder você ...

Venha conhecer o nosso mundo
Entre e feche a porta num segundo
Aqui tudo é bem menor que lá
Vamos fantasiar... Temos uma Casa escondida 

 

E um monte de perigos nessa vida
Venha conhecer
Nossos amigos

Mas cuidado com o leão
E com o jacaré
E um pirata disfarçado de palhaço
Mas não é. 

 

Vamos colorir o quarto todo
E massinha só não pode no sofá
Lá na sala não é o nosso mundo
Só aqui podemos desenhar

Você nem vai acreditar
E feche os olhos pra sonhar
Eu tenho um monstro mau
Vou te assustar. 

 

Mas é de mentirinha
Porque ele é de massinha
Eu sou forte e vou te salvar. Esse é que é o nosso mundo
Entre e feche essa porta num segundo
Deixe a vida rolar ...
Deixe ela nos esperar.

Pequeno Mundo

© 1999-2019 - Pequeno Artista